sexta-feira, 18 de setembro de 2009

VAZIO...

Desculpem todos aqueles que sentiram a minha ausência.

Infelizmente o motivo é plausível.

Dizia-me o meu querido VB em tempos em que estava desanimada por lana caprina:

"Sofrer? Sabes lá o que é sofrer. Ainda tens os teus pais por enterrar."


Perdi o meu Pai dia 24 de Agosto.

Foi de repente, sem avisar, paragem cardio-respiratória.

64 anos...

VB tinhas razão. Só tenho pena de ter de ta dar tão cedo.

Sim, porque eu sou daquelas que ama a família acima de tudo.

E embora saiba que o meu Pai está sempre comigo...

... isto sim é devastação interior.



Acho que nunca mais me queixo de nada na vida.

Passamos de uma Ágape inconstante para uma Ágape constantemente vazia.

Sim, porque uma boa parte de mim foi com Ele. E isso será constante.

Embora para mim ele não tenha partido, apenas passou para o quarto ao lado.


Confuso o texto?

Pois, por isso é que ainda não tinha aqui vindo.

E agora não consigo dizer mais nada.

Consigo, só mais uma coisa:

Obrigada B*.



Não sei quando volto.

Beijinhos a todos.


Tempo de desorientação. Ainda estou dormente.
Espero que a hora desta experiência esteja longe para todos vós.




9 comentários:

S* disse...

Ponderei antes de escrever este comentário. Sinceramente senti receio porque não posso dizer nada que diminua a tua dor. Nem a consigo entender minimamente porque nunca perdi ninguem...

Os meus pêsames querida.

S E R E N I T Y disse...

Beijo muito grande e um abraço apertado... Já passei por algo muito parecido... Força!*

sakura disse...

Nunca perdi ninguém tão próximo...
Só posso expressar aqui o meu carinho para contigo...
Os meus pêsames.
Bjinho grande*

Puzz disse...

deixo-te apenas um beijo grande.
se precisares, estamos aqui!

Swadharma disse...

Ágapazinha... confesso que é algo que me assusta muito. Recentemente passámos aqui em casa por uma situação delicada e de facto, calculo que estejas devastada menina... =|
Aceita os meus pêsames, e um mimo.
Beijo!
=(

*B* disse...

Querida Ágape, tu sabes...


Adoro-te!

Andreia disse...

Tenho medo dessas sensações, e sei que mais tarde ou mais cedo, vou perder alguém assim...

Os meus pêsames


bj***

Talisca disse...

Amiga, volta sim, precisas de voltar ao teu dia-a-dia, continuar o teu caminho e encher o coração!!!! Não podes continuar assim vazia, não sabes que comportamento gera comportamento???? Eu sei o que passaste, não foi com o meu pai mas foi com alguém muito próximo, no ano passado....vivi isso dentro de casa e todos os dias tinha que levantar a moral de quem sofria verdadeiramente. Amiga, quem fica tem de continuar a viver da melhor forma possível, a fazer felicidade e com um grande sorriso na cara, O teu pai ía gostar de te ver assim ;)

Miss you

Ágape disse...

Obrigada a todos.

De coração.

Beijinhos